TIVIT BLOG

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
Armando Amaral
By
Outubro 23, 2018

Ambiente seguro ao usar a nuvem: sustentando práticas de segurança - Parte 2

Na primeira parte desse artigo, você conheceu como a solução tecnológica da Computação em Nuvem (Cloud Computing) funciona, verificou os aspectos a serem considerados ao decidir migrar seus dados e seus sistemas para ambientes desse tipo, e soube dos benefícios que a contratação de um serviço como esse podem trazer para seu negócio.

 

sustentando praticas de seguranca

Além disso, conforme colocado na parte anterior desse artigo, você também teve a oportunidade de compreender que o nível de proteção digital do serviço de computação em nuvem que sua empresa utiliza depende não só da escolha de um fornecedor que seja absolutamente comprometido e competente com relação a esse aspecto, mas depende também do comprometimento que sua empresa e seus colaboradores possuem no sentido de impedir que, casual ou intencionalmente, as rotinas de acesso aos sistemas que se utilizam da computação em nuvem sejam de algum modo ameaçados.

 

Assim sendo, além de ser bastante criterioso na seleção de seu fornecedor desse serviço, você também deve escolher um prestador que possa ajudá-lo a desenvolver e manter a proatividade de sua empresa e de seus colaboradores com relação às seguintes práticas de segurança:

  • Proteger seu e-mail corporativo, seus espaços virtuais de armazenamento, e seus aplicativos contra o recebimento e a ativação acidental de malwares de todo tipo, o que pode ser conseguido por meio de soluções de proteção de e-mail e firewalls;
  • Impedir que os vírus que eventualmente rompam essa primeira barreira de proteção possam ser ativados e tanto prejudicar sua operação, quanto vazar informações sensíveis, o que se realiza por meio do uso de soluções antivírus;
  • Evitar que os dados que acidental ou intencionalmente escapem de sua proteção sejam de algum modo úteis caso se tornem acessíveis a pessoas não-autorizadas, o que se consegue por meio de soluções de criptografia de dados;
  • Gerenciar a casual ocorrência de perdas de dados ou de acessos a aplicativos e funcionalidades sistêmicas por meio de planos de recuperação e contingência capazes de manter sua rede sempre ativa e atualizada.
  • Limitar o acesso a seus sistemas de computação em nuvem e prover monitoramento constante de todas as ações que são realizadas dentro desses sistemas, o que é possível por meio de soluções de controle de acessos e compartilhamentos;
  • Agir em absoluta conformidade com as determinações apresentadas pelos sistemas de computação em nuvem contratados e com as normas de utilização e usufruto de suas funcionalidades.

Com tudo isso em mente, e objetivando sustentar as práticas de segurança necessárias para manter seu sistema de computação em nuvem protegido contra quaisquer ameaças que possam colocar em risco sua mais eficiente operação, é de fundamental importância que sua empresa e seus colaboradores estejam cientes de seu papel no sentido de manter seus sistemas seguros e funcionais, e sejam tanto treinados, quanto assessorados para que eles possam assumir essa responsabilidade com a competência necessária, afinal, como o artigo anterior ressalta, a segurança de qualquer rede é tão grande quanto a segurança dos nós que a constituem.

 

Leia também: 5 passos para desenhar uma estratégia de nuvem adequada.

 

New call-to-action

Receba novidades

Nova call to action
Nova call to action

Categorias

Ver todas