TIVIT BLOG

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
Robson Rocha
By
maio 02, 2019

Blockchain e IoT: Os benefícios e desafios

block-e-iot

A Transformação Digital vem avançando rapidamente no mundo empresarial trazendo novas soluções tecnológicas para resolução de problemas de negócio, impactando profundamente a gestão, segurança, inovação e operação nas empresas. Tal transformação tem como objetivos gerar uma maior eficiência operacional e uma melhor experiência de uso dos produtos e serviços aos usuários finais, além de oferecer cada vez mais inteligência para os negócios.

 

Muitas dessas tecnologias emergentes, inclusive, são ainda mais eficientes quando aplicadas conjuntamente, como no caso das tecnologias de Blockchain e Internet das Coisas, que podem oferecer grandes melhorias na performance dos negócios.

 

A mudança de paradigma introduzida pelo Blockchain está no fato de ser uma rede distribuída onde os participantes (os “nós” da rede) são os responsáveis pela validação e registro das transações. Ou seja, não se trata de um sistema proprietário da empresa A ou da empresa B. E sim uma solução conjunta de todas as empresas participantes de um ecossistema.

 

Os negócios floresceram num contexto centralizado, onde uma determinada entidade detinha um poder maior frente aos seus parceiros de negócio. Blockchain representa uma ruptura nesse modelo, reduzindo consideravelmente tal assimetria de poder.

 

Entretanto, como garantir que uma determinada informação ou transação é realmente “verdadeira” para ser gravada no Blockchain? Tal indefinição é chamada de custo de verificação. E é exatamente nesse ponto em que o uso de IoT potencializa a utilização de soluções baseadas em Blockchain. Os sensores IoT podem gerar as evidências necessárias de que um determinado fato aconteceu, garantindo a veracidade de cada transação registrada no Blockchain.

 

A tecnologia de Internet das Coisas (Internet of Things em inglês, ou IoT) vem crescendo exponencialmente, com a implementação de projetos que utilizam tal tecnologia para monitorar dispositivos em campo. As inúmeras possibilidades de aplicação da IoT colocaram esse recurso no topo da Transformação Digital nos negócios.

 

A IoT pode ser definida como a comunicação entre máquinas e sistemas de monitoramento e controle via Internet, que permite que diferentes objetos, de carros a máquinas industriais ou de bens de consumo, compartilhem dados para executar determinadas tarefas. A base para o funcionamento da IoT são sensores e redes de dados, que tornam a comunicação entre as “coisas” possível. Além disso, é preciso um sistema computacional para analisar os dados recebidos e gerenciar as ações de cada objeto conectado a essa rede.

 

Por sua vez, esse crescimento caótico de IoT introduzir vários desafios, incluindo identificar, conectar, proteger e gerenciar tantos dispositivos. Será muito desafiador para a infraestrutura atual e arquiteturas existentes apoiar enormes ecossistemas IoT no futuro. Isto é algo que poderá ser resolvido com a utilização de Blockchain, que permite um inventário distribuído e auditorias automatizadas.

 

Blockchain permitirá que os ecossistemas de IoT rompam com o tradicional paradigma de redes centralizadas baseadas em conectores, onde os dispositivos dependem de um servidor central na nuvem para identificar e autenticar dispositivos individuais. Além disso, as redes centralizadas são difíceis de estabelecer em muitos setores industriais, como grandes fazendas, onde os nós IoT se expandirão em áreas imensas com escassas redes de conectividade. O Blockchain permitirá a criação de malhas de redes mais seguras, nas quais os dispositivos IoT se interconectam de forma confiável, evitando ameaças como a falsificação de dispositivos e a personificação.

 

Algumas soluções já estão colocando Blockchain para controlar redes IoT. No entanto, existem desafios neste tipo de parceria, que precisam de cuidados especiais para perfeito funcionamento. São desafios a serem superados, como por exemplo:

  • Tecnologia emergente: resolver desafios como velocidade de transação, o processo de verificação, e limites de dados será crucial para tornar a Blockchain amplamente aplicável;

  • Baixa aderência: a falta de padronização e indefinições regulatórias criam um ambiente instável, dificultando a adoção por ecossistemas de empresas;

  • Cultura empresarial: Blockchain representa uma mudança de paradigma para uma rede descentralizada que requer a participação de seus participantes e operadores, reduzindo a assimetria de poder dos elos mais fortes da corrente;

  • Controle, segurança e privacidade: mesmo com o uso de forte criptografia de dados, seja em Blockchains públicas ou privadas, há ainda aspectos de segurança cibernética que precisam ser melhor endereçados para que o público geral confie totalmente seus dados pessoais em uma solução Blockchain;

  • Confiança na adoção de novos padrões: como o IOTA que usa a tecnologia Tangle, que embora não seja um Blockchain de fato (chamamos de Digital Ledger Technology), parece ser uma tecnologia promissora em função de sua arquitetura mais orientada para a quantidade de transações que IoT irá demandar;

Por sua vez, superados os desafios colocados a quantidade de benefícios será notável e bastante relevante para os negócios:  

  • Eliminação ou redução de intermediários e falta de confiança: duas partes são capazes de fazer uma troca sem a supervisão ou intermediação de uma terceira parte, reduzindo fortemente ou até eliminando o risco de contraparte;

  • Alta qualidade de dados: os dados da Blockchain são completos, consistentes, datados, precisos e amplamente disponíveis uma vez que são validados por todas os participantes;

  • Empoderamento dos usuários: as pessoas estarão no controle de todas as suas informações e transações;

  • Durabilidade, confiabilidade e longevidade: devido às redes serem descentralizadas, a Blockchain não tem um ponto central de falha e é mais resistente a ataques maliciosos;

  • Integridade de processo: usuários podem confiar que suas transações serão executadas exatamente como o protocolo determina, removendo a necessidade de uma terceira parte;

  • Transparência e imutabilidade: alterações em Blockchains públicas são visíveis por todas as partes, trazendo transparência, ao processo. Adicionalmente, todas as transações são imutáveis, isto é, elas não podem ser alteradas ou deletadas por um participante da rede;

  • Simplificação de ecossistema: com todas as transações sendo adicionadas a um único livro-razão público, isso reduz a desordem e complicações geradas por múltiplos livros-razão. Tem-se uma verdade “única”;

  • Menor custo por transação: eliminando o intermédio de terceiros e despesas gerais para troca de bens, Blockchains têm o potencial de reduzir significativamente taxas de transações;

  • Digital: praticamente qualquer documento ou bem pode ser expresso em forma de código e encapsulado ou referenciado por uma entrada do livro-razão, o que significa que a tecnologia Blockchain tem aplicações muito amplas, a maioria ainda não pensada, muito menos implementada, muito além de transações apenas financeiras;

  • Maior segurança e facilidade de monitoramento e transações de dados: gerando mais inteligência e controle para CIOs e outros departamentos.

Com o parceiro ideal e especializado em ambas as tecnologias, a implantação pode ser descomplicada, segura e eficiente. A TIVIT é este parceiro, pois sua maior função é o comportamento integrador que possui, ou seja, a partir de um problema de negócio desenvolve uma solução que faz uso dessas tecnologias emergentes de forma evolutiva, seguindo uma metodologia ágil de desenvolvimento.

 

Um parceiro como a TIVIT saberá atuar na integração entre Blockchain e IoT, de forma a fazer o melhor uso das características inerentes de cada tecnologia. A fusão de tais tecnologias é bastante promissora para muitos setores: indústrias, varejos, finanças, meios de pagamento, seguros, saúde e até mesmo entrega de conteúdo.

 

Blockchain tem ainda o potencial de se tornar fonte verdadeira de valor monetário e negociação online. Isso poderá ter um enorme impacto na indústria de serviços financeiros e em seus protocolos atuais. E será extremamente útil em novas possibilidades de uso aliada a outras tecnologias como Analytics e Machine Learning. Mas deixemos esta análise para o próximo artigo.

 

Disrupção Tecnológica

Receba novidades

Nova call to action
Nova call to action

Categorias

Ver todas