TIVIT BLOG

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
André Santos Rodrigues
By
Setembro 04, 2018

Como os chatbots estão otimizando e melhorando as relações com os colaboradores

chatboats

Os chatbots são soluções tecnológicas digitais que surgiram em 1994 e cuja utilização por empresas dos mais diversos ramos de atividades ganha força a partir de 2005.

 

Constituídos de um sistema informatizado que desenvolve experiências comunicacionais engajadoras, tanto por meio de voz quanto de texto, eles podem ser utilizados desde em unidades de resposta automatizada (URA) em atividades de telemarketing, até em aparelhos e aplicativos para smartphones e smartwatches, navegadores web, redes sociais e sites de prestação de serviços, abrangendo funções que vão desde o atendimento e o relacionamento com o consumidor, passando pelo marketing direto, viral e de guerrilha e chegando às assistentes pessoais, como é o caso da Alexa (Amazon), da Siri (Apple), da Cortana (Windows) e da Google Assistant.

 

Os chatbots podem ser divididos em duas categorias. A primeira delas são os chatbots baseados em regras, que funcionam através de comandos específicos ou palavras-chave, de modo que, se você interagir com esse sistema demandando dele algum tipo de resposta para a qual ele não foi programado ou não reconhece, ele não saberá como agir e permanecerá inerte.

 

Por outro lado, os chatbots baseados em inteligência artificial são capazes de entender o que usuário quer dizer a partir do que ele escreve ou pergunta,  tendo a capacidade de aprender e desenvolver novas respostas e funcionalidades autonomamente, podendo assim atender demandas para as quais eles não foram programados. Assim, quanto mais as pessoas utilizam esse sistema, mais inteligente e responsivo o chatbot se torna.

 

Considerando isso, o que faz um chatbot ser bem-sucedido em suas funções varia de acordo com a experiência que se quer oferecer ao usuário desses sistemas de comunicação, de modo que algumas das melhores práticas no uso dessa solução incluem:

  • Utilização de linguagem coloquial e amigável, a qual permite o desenvolvimento de uma comunicação mais humanizada.
  • Criação de uma personalidade para o chatbot, o que proporcionará uma interação mais pessoal entre esses sistemas e seus usuários.
  • Conhecer os públicos com quem o chatbot se comunicará e suas demandas mais comuns, o que permitirá ao chatbot se adaptar a responder sempre dentro da demanda trazida por seu usuário, quer essa demanda seja relativa à área de RH, de TI, do Marketing, ou simplesmente uma solicitação de suporte ou atendimento comercial.

A partir disso, alguns benefícios do uso de chatbots pelas empresas incluem processos internos facilitados, seguros, ágeis e assertivos, gerenciamento de informações mais preciso, com a integração dos diversos sistemas informatizados que auxiliam na gestão de seu negócio e no desenvolvimento das funções de seus colaboradores, disponibilidade total para atendimento e esclarecimento das dúvidas que os funcionários possam apresentar, facilidade de acesso a todo tipo de informações, e claro, redução significativa de custos com serviços de suporte e atendimento.

 

Resumindo, são esses os fatos que fazem dos chatbots a solução tecnológica  mais indicada para empresas que visam automatizar processos internos, desenvolver e aumentar a inteligência na aquisição e na gestão das informações acerca de seus processos e colaboradores, e manter um canal de comunicação direto, constantemente aberto, ágil e sem burocracia com seus funcionários, o que agregará a eles um considerável empoderamento, o qual habilitará os usuários desses sistemas para uma execução mais simplificada de atividades como agendar um voo ou trocar uma senha, para as quais, no passado, dependeriam de outras pessoas para realizar.

 

 

Receba novidades

Nova call to action
Nova call to action

Categorias

Ver todas