TIVIT BLOG

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
TIVIT One Cloud
By
dezembro 07, 2017

Confira o Quadrante Mágico do Gartner para nuvem IaaS

Estudo realizado pelo Gartner, o Quadrante Mágico de Infraestrutura como Serviço (IaaS), considerou a evolução dos provedores mundiais entre 2016 e 2017. A AWS e Microsoft se mantém como líderes neste segmento e, segundo o Gartner, outros prestadores de serviços lançaram novas ofertas, porém suas adoções ainda devem ser avaliadas por serem menos maduras.

 

O quadrante é uma representação gráfica desenvolvida pelo Gartner para o mercado tecnológico que avalia determinado período, tendo como objetivo ser uma ferramenta de pesquisa para apoiar os executivos nas tomadas de decisões de cada negócio. Ele está dividido em 4 tópicos que definem: líderes, desafiadores, visionários e concorrentes de nicho de mercado.

 

O mercado segundo Gartner

 

O IaaS – Infraestrutura como serviço é definido como uma oferta padronizada e altamente automatizada, onde os recursos computacionais, complementados por recursos de armazenamento e rede, são de propriedade de um fornecedor de serviços e oferecido ao cliente sob demanda. 

 

Os recursos são escaláveis e elásticos em tempo quase real, e medidos por uso. Assim, este Quadrante abrange ofertas de nuvem pública e privada IaaS, que constituem o maior segmento do mercado de nuvem.

 

Vale lembrar que os provedores de Plataforma como Serviço (PaaS) e Brokers, não são avaliados neste estudo. Bem como fornecedores de hardware e software que podem ser usados na construção de infraestrutura de nuvem. 

 

O Quadrante Mágico

 

 Confira o Quadrante Mágico mundial para Infraestrutura como Serviço (IaaS):  

 

Quadrante Mágico Gartner IaaS 2017.png

Fonte: Gartner (junho de 2017)

 

Os líderes do Quadrante Mágico

 

AWS

 

A AWS continua líder do mercado, não apenas em IaaS, mas também no IaaS + PaaS integrado, com uma taxa de crescimento de receita de mais de US $ 14 bilhões no final de 2016. 

 

Segundo o Gartner a AWS continua liderando o pensamento dos clientes e sendo referência para todos os concorrentes. Com um ritmo acelerado de inovação, além de ter um rico portfólio de serviços e um impacto crescente no mercado de TI. 

 

Sendo o provedor mais escolhido para a adoção estratégica, embora não seja o ideal para todas as necessidades, tornou-se a "escolha segura" neste mercado, atraindo clientes que desejam a maior variedade de capacidades e liderança de mercado a longo prazo.

 

Microsoft Azure

 

O Microsoft Azure é o segundo player do mercado de nuvem, não só no IaaS, mas também no IaaS + PaaS integrado. Ele manteve uma taxa de crescimento muito alta ao longo dos anos e o Gartner estima que sua receita ao fim de 2016 chegou a aproximadamente US $ 3 bilhões. 

 

É considerada uma plataforma muito capacitada e ampla. Microsoft continuar a acelerar seus novos produtos, lançando recursos próprios inovadores para o Azure, ao invés de copiar os recursos dos concorrentes. 

 

O Gartner acredita que os clientes Azure estão crescendo constantemente. Muitos deles começam a gastar mais de US $ 500.000 por ano, e alguns excedem US $ 5 milhões em gastos anuais em nuvem.

 

Visionários

 

Tanto a IBM quanto a Oracle Cloud foram avaliadas como visionárias. O estudo avalia a nuvem da Oracle como MVP (produto mínimo viável) que oferece “as capacidades de computação, armazenamento e rede mais importantes da nuvem IaaS". Enquanto a IBM foi avaliada como visionária porque a sua nuvem está em constante inovação.

 

O Alibaba Cloud também foi avaliado como visionário, sendo o líder atual do mercado de nuvem IaaS na China. Suas ofertas, que incluem tanto a nuvem pública IaaS + PaaS, como também softwares e serviços de nuvem privada local, demonstram o potencial do fornecedor para se tornar uma alternativa aos provedores globais de nuvem de hyperscale em algumas regiões ao longo do tempo. 

 

Conclusão

 

Segundo o Quadrante Mágico o Google ocupa a terceira posição na nuvem IaaS e compartilhamento de mercado IaaS + PaaS integrado. Se tornando muito mais agressivo em sua estratégia de go-to-market, concorrendo cada vez mais por projetos de negócios digitais, além de ter investimentos maciços em infraestrutura.

 

O Gartner conclui que o mercado se consolidou em torno de dois líderes ao longo de 2015. Desde então, AWS e Microsoft Azure representaram quase todo o consumo de infraestrutura relacionado à IaaS no mundo. Se considerarmos os serviços de PaaS, o domínio destes players é ainda mais completo.

Neste post trouxemos os principais tópicos deste estudo realizado anualmente pelo Gartner, para conferir o estudo completo, acessem: Magic Quadrant for Cloud Infrastructure as a Service.

 

Receba novidades

Nova call to action
Nova call to action

Categorias

Ver todas