TIVIT BLOG

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
TIVIT One Cloud
By
Fevereiro 10, 2017

Como a Digital Ocean compete com a AWS?

compete-768x614.jpeg

Os serviços de nuvem oferecidos pela AWS vão ao encontro às diversas necessidades atuais do mercado, desde de Marketplaces que executam cargas complexas em sistemas distribuídos a desenvolvedores que trabalham com um único servidor. Alternativamente, a DigitalOcean se concentra exclusivamente nesses últimos. Este artigo descreve como ela se difere da AWS e algumas de suas vantagens. Para se ter uma ideia de seus serviços, a DigitalOcean oferece aos desenvolvedores rápido acesso aos servidores, mantém o provisionamento de máquinas em menos de um minuto, menor latência, baixo IO com drives SSD, redes privadas, APIs para o gerenciamento de imagens, domínios, droplets (instâncias VM), chaves SSH, além de um painel de gestão simples e amigável.

O serviço de nuvem da DigitalOcean facilita a performance de operações de administração comuns usando APIs, pelas quais os desenvolvedores podem começar rapidamente novas instâncias a partir de uma imagem master. Para fazer isso, cria-se uma nova droplet (que é o termo da DigitalOcean para uma instância VM), escolhendo um pacote padrão. Depois de fazer um snapshot do droplet por meio tanto do painel de controle quanto da API, os desenvolvedores podem usar a imagem para criar novos snapshots com as mesmas configurações master. Facilidades assim justificam o grande interesse por parte desses profissionais nos serviços da Digital Ocean.

 

Porém a Digital Ocean ainda carece de alguns serviços internos que a AWS tem, como serviços de mensagem e banco de dados. Embora tais serviços são mais voltados para Admins, os desenvolvedores ocasionalmente precisam de funcionalidades de nível empresarial como auto-scaling. De qualquer forma, a documentação da DigitalOcean geralmente é boa, com vários casos de uso e suporte, o que pode ajudar na criação de ambientes escaláveis sem muitas dificuldades.

Recursos de segurança em nuvem na Digital Ocean

Enquanto a AWS oferece um pacote completo de serviços gerenciados, a DigitalOcean oferece um serviço de autenticação básico baseado no OAuth. Após registrar uma aplicação com OAuth, os desenvolvedores recebem um ID de cliente e uma senha, que é utilizada para comunicar a aplicação e o servidor de autenticação.

 

A API OAuth permite links de autorização básicos e tokens de acesso. Qualquer desenvolvedor pode entrar em contato com os servidores de autenticação para revogar ou criar novos tokens a qualquer momento e, se um token for revogado, ele será permanentemente desativado. Os tokens de acesso também podem ser definidos tanto com acesso “read” quanto “read/write”, permitindo um pouco de controle extra sobre o acesso do usuário.

Suporte OS, precificação e portabilidade

A DigitalOcean oferece distribuições populares do Linux, tais como Ubuntu, CentOS, Debian, Fedora, CoreOS e FreeBSD. Ela não suporta o Microsoft Windows. O ambiente de nuvem da DigitalOcean também oferece aplicações ready-to-deploy, incluindo Docker, Django, MongoDB, Node.js, WordPress, entre outros.

 

Há dois tipos de precificação do serviço de nuvem da DigitalOcean: por simples e volume alto. Planos simples vão desde $5,00 até $80,00 por mês com 512 MB e 8 GB de memória, 1 TB até 5 TB de transferência, 20 GB a 80 GB de armazenamento e de single core até 4 vCPUs.

 

Já os planos de alto volume vão desde $160,00 até $640,00 por mês, oferecendo de 16 GB até 64 GB de memória, 6 TB até 9 TB de transferência, 160 GB até 640 GB de armazenamento e de 8 até 20 processadores core. Todos os planos usam armazenamento SSD e podem ser precificados por hora de uso.

 

O serviço de nuvem da DigitalOcean não compete diretamente com a AWS, Microsoft Azure ou Google Cloud Platform. Desenvolvedores que trabalham em plataformas baseadas em Linux vão até achar os preços mais competitivos com VMs de alto desempenho que exigem a sobrecarga mínima, mas a Digital Ocean não é adequada para todas as empresas. Se você está procurando por uma plataforma como uma funcionalidade de serviço (como a Amazon Relational Database Service) a DigitalOcean seguramente não é a opção certa. Para desenvolvedores que querem benefícios tanto da DigitalOcean quanto da AWS ou Google, considere o uso de Docker para containers leves que permitem você migrar as aplicações da DigitalOcean para outro provedor IaaS.

 

Receba novidades

Nova call to action
Nova call to action

Categorias

Ver todas