IoT para empresas em constante crescimento

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
Alex Vaz
By
Janeiro 15, 2020

O conceito de internet das coisas é uma realidade consolidada: as principais consultorias apontam para investimentos, lucros e volume de dispositivos na casa dos bilhões nas mais variadas partes do mundo. Maior velocidade de conexão, redução de custos de componentes e infraestrutura, mais estabilidade, avanços na arquitetura de microcomponentes, entre muitos outros fatores, abriram caminho para esta tendência, que deve se acentuar ainda mais com a chegada do 5G.

 

Mas, o que, exatamente, os dispositivos conectados fazem para justificar este crescimento notável? As respostas são tão variadas quanto suas aplicações, e vão desde facilitar atividades domésticas até ampliar o controle e a qualidade da produção em ambientes industriais. Reunimos aqui algumas das aplicações profissionais que mais têm atraído o interesse e os investimentos de empresas em todo o mundo:

  • Controle remoto de operações

Com uso de IoT, é possível aplicar sensores e atuadores conectados, o que permite o recebimento de informações precisas e em tempo real de itens como desempenho de equipamentos, localização em tempo real de cargas, integração de equipamentos de campo com a rede da empresa e muito mais. Essa integração permite a tomada de decisão em tempo real, resultando em grandes benefícios para as empresas.

  • Aumento da vida útil de equipamentos

O controle aprimorado permite a previsão de desgaste de equipamentos, facilitando a programação de manutenção, evitando quebras e interrupções não programadas da operação e prolongando sua vida útil.

  • Redução de custos

Evitar desperdícios, aumentar a produtividade e prevenir interrupções são ações que se traduzem em redução de custos e otimização de recursos, o que impacta o desempenho financeiro da empresa de forma positiva.

  • Automação inteligente

Estas ferramentas conseguem promover automação em diversos níveis e de forma relevante. Graças à grande quantidade de dados gerados, é possível identificar quais processos e atividades devem ser automatizados e qual a melhor forma de fazê-lo.

  • Inteligência operacional

Processos otimizados, operações mais eficientes, custos controlados e mais dados coletados sobre seus processos e clientes: isso tudo gera um grande composto de inteligência de negócios, que ajuda na tomada de decisão ágil e precisa, além de melhorar seu planejamento e a qualidade da execução de suas atividades.

Quem já usa, ganha

A Microsoft publicou uma pesquisa voltada especificamente sobre este tema, dada sua notável importância e sua tendência de crescimento em todo o mundo.

 

A pesquisa aponta que 85% dos decisores já adotaram, ou estão em adoção de soluções IoT. Dentre os principais motivadores se destacam otimização das operações, produtividade dos funcionários, segurança e proteção, gestão da cadeia de suprimentos e qualidade.

 

Gostaria de ressaltar no resultado da pesquisa, as áreas de manufatura e saúde, que possuem aplicações muito interessantes e também fazem parte das áreas priorizadas no plano nacional de IoT.

 

No mercado de Saúde já vemos a IoT nos planos, em adoção ou já adotada por 82% das entidades pesquisadas, segundo seus dirigentes. As principais aplicações desta tecnologia no setor incluem, rastreio de pacientes, pessoal e inventário, gestão da estrutura hospitalar e monitoramento de serviços e procedimentos. É interessante reparar como, neste mercado, a IoT é usada fortemente para ampliar a visibilidade e o controle de tudo que está ao redor do paciente, impactando diretamente a qualidade dos serviços e, portanto, de sua saúde.

 

Comparativamente, outro grande mercado comprador é o de indústria, com 87% de adoção ou metas de adoção. Aqui, o foco está em automação, compliance e otimização, um contraste interessante com a área da saúde; mesmo sendo similares em funcionamento e princípio, dispositivos de internet das coisas são utilizados de forma radicalmente diferente dependendo do contexto, gerando resultados igualmente variados e relevantes para seus usuários.

 

Ainda nesta pesquisa, outros segmentos como varejo, governo e transportes surgem como grandes compradores, buscando geralmente otimização operacional, controle de atividades e mais qualidade de serviços. A exemplos dos dois casos citados, embora haja congruências no tipo de resultado almejado, a aplicação é diferente, visando melhorias específicas para cada negócio.

 

A pesquisa ainda aponta alguns dos principais desafios das empresas, que incluem dificuldades técnicas e falta de conhecimento sobre a tecnologia para fazer um uso realmente efetivo, além de questões envolvendo segurança.

 

Os dados coletados mostram que as empresas líderes em seus mercados, por mais variados que sejam, já olham para o uso do IoT como decisivo para levar seus serviços para um patamar superior. O fato de enxergarem segurança como desafio, assim como as questões técnicas, mostra que os dirigentes estão levando a sério a adoção desta tecnologia, o que é fundamental para a geração de grandes resultados.

O futuro está em todo lugar

Estas são apenas algumas das aplicações possíveis com a IoT, que deve crescer ainda mais conforme os dispositivos ganham novos recursos, mais desempenho e as tecnologias de conexão – como o já mencionado 5G – tornam-se mais eficientes, rápidas e estáveis. 

 

Por isso, empresas que desejem otimizar sua operação, aumentar sua agilidade e se aproximar ainda mais de seus clientes por meio de informações precisas e atualizadas, devem contar com a IoT dentro de seus respectivos contextos operacionais. Seja em campo, no escritório ou em qualquer outro contexto, vale a pena contar com o apoio de um parceiro especialista, portanto, que poderá ajudar na análise de suas necessidades e apontar as melhores formas de aplicar esta tecnologia em seu dia-a-dia.

 

Disrupção Tecnológica

Receba novidades

New call-to-action
Nova call to action

Categorias

Ver todas