PSTI e serviços financeiros: como se preparar para o futuro dos pagamentos?

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
TIVIT
By
Outubro 15, 2021

PSTI e serviços financeiros: como se preparar para o futuro dos pagamentos?

  TBankS

Diversos setores passaram por grandes transformações conforme a tecnologia se inseriu na nossa rotina. Entre eles, talvez, o que mais teve poucas mudanças ao longo dos anos foi o financeiro. Contudo, esse cenário vem mudando — é cada vez mais comum a evolução dos processos de pagamento digital, seja na criação de moedas digitais, seja no número maior do uso do cartão de crédito: de acordo com o SPC, 52 milhões de brasileiros o usam como forma de pagamento.

Assim também ocorreu com relação às mudanças em transferências bancárias. O PIX, por exemplo, chegou em 2020 e melhorou o processo de operações financeiras, agilizando e possibilitando mais flexibilidade para essas operações. O mais interessante é que sistemas como PSTI (Provedor de Serviços de Tecnologia da Informação) tem uma grande responsabilidade nisso.

Por isso, neste texto, vamos falar um pouco sobre essa tecnologia e como a TIVIT a utiliza para ajudar outras empresas. Confira!

O que é um provedor de serviços de tecnologia da informação?

Dados são a chave para qualquer negócio hoje em dia. É difícil que exista alguma empresa que não trabalhe com eles, considerando, ainda, que não é só preciso capturá-los, mas separá-los e filtrá-los para os seus objetivos.

O que acontece é que, quando falamos sobre informações financeiras, as formas de tratamento desses dados exigem da companhia um sistema moderno e eficiente. Você está lidando com partes da vida das pessoas ou entidades importantes, é sobre o dinheiro delas.

Nesse ponto, ter uma infraestrutura que possa lidar com essas informações é fundamental, e é disso que se trata o PSTI. Basicamente, são instituições autorizadas a processar dados financeiros pelo Banco Central, especialmente em nuvem, oferecendo suporte a empresas do setor financeiro como prestadoras de serviço.

Essas entidades auxiliam tanto startups quanto instituições de pagamentos que têm um nível alto de movimentações e que fazem parte do Sistema de Pagamento Instantâneo (SPI) e do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Quais são as expectativas de crescimento desses serviços em nuvem?

A cloud como ferramenta é bastante versátil. Sabemos que a sua capacidade para fornecer não só possibilidades de armazenamento, mas também de operações é muito grande. Em um olhar mais simples, existem diversos serviços, como a possibilidade de edição de arquivos, criação de documentos, monitoramento de dados, etc.

Mas para as empresas, obviamente, a capacidade é muito maior, ainda mais no aspecto financeiro de processamento de dados. Nos últimos anos, o mercado notou todas essas vantagens que o uso da cloud proporciona e, em 2020, vimos altos números em relação à comercialização dos serviços em nuvem, cerca de US$3,1 bilhões.

Para a indústria financeira, a estimativa é de que o investimento em IaaS na América Latina cresceu, em 2020, 200%, enquanto o investimento em nuvem, por região, teve um aumento de 76%. A tendência é ainda mais alta. De acordo com a IDC TAM Brazil, o consumo dessa ferramenta chegará a 34% até 2024.

Como funciona o PSTI da TIVIT?

Como empresa especializada em cloud e outros processos tecnológicos, visando facilitar a rotina de diversos parceiros do setor financeiro, nós, da TIVIT, desenvolvemos nosso próprio PSTI com a vantagem de obter uma infraestrutura própria e a possibilidade de intracloud (isto é, uma espécie de intranet nas nuvens em que o cliente tem um espaço privado em nossa cloud para hospedar e utilizar ferramentas).

Além dessas duas vantagens, os nossos contratantes encontram:

  • solução completa, incluindo software para SPB e SPI;
  • estrutura de atendimento diferenciada;
  • infraestrutura e data center próprios (tier 3);
  • redundância em infraestrutura própria;
  • possibilidade de uso de cloud para conexões e diversas opções de modelo de negócios;
  • cyber security e modelo de governança criado especificamente para processos financeiros;
  • única psti com ampla experiência em missão crítica e operações 24 por dia.

Ao longo deste texto, falamos sobre o PSTI, o sistema que proporciona que as empresas do setor financeiro possam processar seus dados com mais eficácia e agilidade. Esse é um recurso fundamental para os novos mecanismos de transações, principalmente, os relacionados com PIX, proporcionando segurança para as instituições, além de torná-las mais competitivas no mercado. 

Caso a sua empresa queira conhecer mais dessa tecnologia e trabalhar com uma companhia especialista em tecnologia em nuvem, além de ter um sistema de PSTI de última geração, entre em contato conosco agora!

Receba novidades

New call-to-action
New call-to-action

Categorias

Ver todas