Smart Cities: Como as soluções IoT irão impactar a vida dos cidadãos

Últimos Posts

Populares

Encontre por categoria
Alex Vaz
By
Julho 10, 2020

Smart Cities: Como as soluções IoT irão impactar a vida dos cidadãos

O conceito de Cidades Inteligentes vem sendo discutido há muitos anos e muitas iniciativas já estão em andamento, porém, ainda de forma incipiente. O conceito de Smart Cities envolve não só tecnologia, mas também sustentabilidade, planejamento urbano e outras iniciativas que possam de alguma forma aumentar a eficiência das cidades, dos serviços públicos e da vida dos cidadãos.

Uma das tecnologias que será o alicerce das cidades inteligentes é a Internet das Coisas, também conhecida como IoT (internet of Things).

 

Mas se o benefício é tão grande e já temos diversas soluções, o que nos impediu por tanto tempo de implementá-las?

 

Costumo dizer que toda solução IoT se baseia em 4 pilares.

 

image (9)

 

* As COISAS são os nossos objetivos, o que queremos medir ou atuar de forma remota. Podem ser máquinas ou equipamentos, pessoas, ambientes ou qualquer outra coisa que precise ser monitorada de alguma forma.

* Os SENSORES e ATUADORES são os dispositivos que serão utilizados para coletar e enviar informações das COISAS que gostaríamos de monitorar.

 

* As REDES DE COMUNICAÇÃO são os meios pelos quais os SENSORES e ATUADORES enviam e recebem as informações coletadas ou comandos para executar alguma ação. Os meios de comunicação podem ser redes como a rede celular, WIFI, Bluetooth, ou as voltadas para internet das coisas, como rede LORA, Sigfox ou NB-IoT.

 

* E, por fim, a INTERNET, que representa as aplicações que tem como objetivo analisar os dados recebidos e transformá-los em informação entendível para o usuário final, possibilitando a tomada de decisão e até a atuação remota em muitos casos.

 

Acredito que o grande desafio de uma solução IoT é fazer sentido financeiramente e, para isso, o seu custo de implementação deve ser menor que o retorno financeiro que a aplicação proporciona. Por essa razão, os dois componentes de maior relevância são o custo dos sensores, pois trata-se do custo do investimento inicial que precisa ser feito para implantação da solução e o custo de comunicação, por ser uma despesa recorrente e que traz um impacto relevante, principalmente quando falamos em grandes volumes.

 

A boa notícia é que o custo desses componentes está cada vez mais baixo. Com a evolução da tecnologia, os componentes eletrônicos estão cada vez mais baratos, facilitando o desenvolvimento de equipamentos eficientes e com baixo custo.

 

Em relação à comunicação, o aumento da cobertura de redes focadas em IoT, como LORA, Sigfox e NB-IoT, que se caracterizam pelo longo alcance de transmissão, pequenos pacotes de dados e custos extremamente reduzidos, em comparação a outros meios existentes, trazem o componente final para expansão da tecnologia.

 

E quais as soluções já vistas e que devem ser cada vez mais frequentes nas cidades? Vejamos algumas com seus respectivos benefícios:

 

Coleta de Lixo Inteligente – A solução se caracteriza pela aplicação de sensores nas lixeiras que avisam quando as mesmas estão cheias, facilitando o processo de coleta. Mas já existem soluções ainda mais avançadas, como da start-up polonesa Bin-e, que além de avisar quando o recipiente está cheio, também identifica o tipo de lixo depositado no container e o envia para o recipiente de reciclagem apropriado.

 

Monitoramento de bueiros – Similar a coleta de lixo inteligente, a solução tem como objetivo monitorar a quantidade de resíduos armazenados em um bueiro, alertando as equipes de manutenção para intervenção antes do entupimento dos mesmos, minimizando o impacto de alagamentos e otimizando a eficiência das equipes. 

 

Iluminação pública inteligente – Se caracteriza pela implantação de soluções de iluminação pública, que se adaptam às condições de iluminação natural, fluxo de passagem e outros fatores, permitindo uma maior eficiência energética e segurança.

 

Monitoramento por vídeo – A solução de monitoramento por vídeo pode auxiliar em diversos pontos de uma cidade, controlando, por exemplo, a segurança, identificando em tempo real a ocorrência de crimes, acidentes, ocorrências que demandem a atuação de agentes públicos, identificação de suspeitos, controle de tráfego, dentre outros.

 

Controle de Tráfego inteligente – essa é uma aplicação ainda inicial, mas que pode trazer diversos benefícios. Já existem cidades em que sensores detectam a passagem e realizam a contagem de veículos, possibilitando que os semáforos inteligentes alterem os seus tempos de acordo com o fluxo, em tempo real. Essa solução é possível através da integração dos sensores IoT com inteligência artificial e possibilita a redução de engarrafamentos e melhor planejamento urbano.

 

Medição Inteligente – A medição inteligente permite a leitura remota do consumo dos clientes de água, gás e energia, evitando a necessidade de envio de um leiturista em cada residência para emissão da conta.

 

A solução de medição inteligente já é aplicada há muitos anos no mercado de energia, mas vem ganhando cada vez mais força no segmento de água e gás. Acredito que muito em breve todas as concessionárias de serviços de água, gás e energia do país implementarão essas soluções.

 

Sabemos que em geral essas concessionárias necessitam realizar a leitura do consumo dos clientes mensalmente para emissão das faturas. Para isso, é necessário que um funcionário da empresa se desloque a cada residência ou unidade comercial para verificar a leitura do medidor e informar a companhia. Em posse dessas informações, a empresa emite a conta que é entregue na sua casa, comércio, ou no seu e-mail para pagamento.

 

Esse processo, além de custoso, enfrenta diversos desafios, como locais de difícil acesso, clientes que não estão na residência no momento da visita do leiturista, locais de risco para o funcionário da companhia, dentre outros.

 

Mas será que o único benefício da medição inteligente é a leitura sem a necessidade do leiturista? A resposta é não. 

 

Através da medição inteligente é possível realizar diversas leituras ao dia, ao invés de uma única ao mês. Essa informação possibilita à empresa uma melhor previsão de demanda, previsão de arrecadação e controle de seus processos operacionais. 

 

Além disso, os benefícios para o cliente final são inúmeros. Imagine acompanhar dia a dia o seu consumo de água, gás e energia, ser avisado quando seu consumo está acima da sua média mensal, ou da meta estabelecida, saber quais equipamentos consomem mais recursos, identificar possíveis vazamentos, ou dias e horários de maior consumo, por exemplo.

 

Outra grande aplicação da medição inteligente é a individualização de consumo, tema de constantes brigas e discussões em condomínios. Sabe aquela conta de água e gás que é dividida igualmente entre todos os condôminos e que geram discussões infinitas, pois uns economizam e outros gastam muito? 

 

Então, o fim desse problema já é possível e é muito simples. Através de um medidor individual e um equipamento de comunicação é possível realizar a individualização de consumo em todos os condomínios, resolvendo o problema de forma simples e cobrando o valor justo de cada morador. 

 

As soluções IoT para cidades inteligentes já são uma realidade e sua adoção deve ser exponencial nos próximos anos, impactando diretamente a forma como nos relacionamos com indivíduos, serviços públicos e cidades de forma geral.

 

Gostaria de conhecer um pouco mais sobre essas soluções e suas aplicações? Converse conosco.

Receba novidades

New call-to-action
New call-to-action

Categorias

Ver todas